Geral

Programas Ambientais na Construção da Ponte de Guaratuba

Iniciativas para Preservação da Mata Atlântica

A construção da ponte de Guaratuba e seus acessos, na região do litoral do Paraná, é acompanhada por diversos programas ambientais que visam melhorar o bioma local e minimizar o impacto das obras em andamento. Entre as medidas específicas voltadas para a vegetação da Mata Atlântica destaca-se o programa de monitoramento de flora.

Monitoramento de Flora e Controle de Espécies Invasoras

O programa de monitoramento de flora tem como objetivo identificar e monitorar as espécies presentes em remanescentes de Mata Atlântica próximos ao empreendimento e em locais de supressão da vegetação, com ênfase nas espécies nativas e ameaçadas de extinção. Além disso, o programa de controle e monitoramento de espécies invasoras consiste em identificar plantas que não pertencem à região e estudar as melhores soluções para sua remoção ou supressão. Essas ações beneficiam a Mata Atlântica, permitindo a recuperação de espécies nativas e aumentando a biodiversidade.

Resgate e Transplante de Germoplasma Vegetal

Outra iniciativa importante é o programa de resgate e transplante de germoplasma vegetal. Este programa envolve a coleta de material genético de plantas em locais de supressão da vegetação, especialmente de espécies ameaçadas de extinção, para a produção de mudas que serão replantadas em áreas remanescentes e degradadas. A coleta de mudas, sementes e frutos, bem como a retirada de bromélias, orquídeas e cactos durante a época de chuva, são exemplos de ações previstas.

Desenvolvimento Sustentável

Essas ações ambientais visam garantir que a construção da ponte de Guaratuba proporcione desenvolvimento socioeconômico à região, aliado à sustentabilidade. Entre as iniciativas estão a recuperação de áreas degradadas, restauração de corredores ecológicos, monitoramento da qualidade da água, sedimentos, ar e nível de pressão sonora. A obra da ponte atingiu 8,68% de execução em maio, com serviços concentrados na implantação das estacas da infraestrutura na margem de Guaratuba. Informações e novidades podem ser acompanhadas no site oficial da obra.