Geral

O Papel do Investimento em Ciência e Tecnologia no Desenvolvimento Sustentável do Paraná

O Impulso da Connect Week Summit 2024

Impulsionar o desenvolvimento sustentável por meio de investimento permanente na área da ciência foi o tema central de um painel sobre as políticas públicas de ciência e tecnologia do Paraná. Realizado nesta quarta-feira (18) pelo governo do estado, o evento fez parte da programação da Connect Week Summit 2024. Considerado um dos principais eventos de inovação do Brasil, ele acontece em Curitiba desde terça-feira (18) e segue até sexta-feira (21).

Financiamento Recorde para Ciência e Tecnologia

A Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SETI) vem aumentando anualmente o financiamento de programas e projetos estratégicos para o avanço científico do estado. Em março deste ano, a pasta anunciou um orçamento recorde de R$ 708,9 milhões para o Fundo Paraná de Fomento Científico e Tecnológico em 2024, um aumento de 37% em relação ao valor de R$ 517 milhões do ano passado.

Debates e Impactos

Com mediação do secretário estadual da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná, Aldo Nelson Bona, o painel da Connect Week Summit reuniu representantes dos ambientes promotores de conhecimento e inovação, como universidades e parques tecnológicos. Entre os convidados, estavam o reitor da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Miguel Sanches Neto; o engenheiro Paulo Alvim, presidente do Cilla Tech Park; e o administrador Paulo Roberto Cordeiro Rocha, vice-presidente do Biopark Educação.

Os painelistas destacaram o impacto positivo do estado do Paraná, a partir da ampliação gradual de investimentos em ciência. Paulo Alvim ressaltou a importância do fomento contínuo para fortalecer espaços propícios à criatividade e ao avanço tecnológico. Já Paulo Rocha enfatizou a colaboração entre governo, universidades e iniciativa privada como fundamental para enfrentar desafios complexos e promover inovações que atendam às demandas do mercado.

O Futuro da Ciência e Tecnologia no Paraná

Para Aldo Bona, otimizar a aplicação dos recursos é essencial para promover o desenvolvimento contínuo e sustentável no Paraná. Ele destacou a importância de manter um ambiente favorável ao desenvolvimento permanente e sustentável a partir da ciência e tecnologia. Miguel Sanches Neto, reitor da UEPG, reforçou a necessidade de investimento estratégico em ciência, tecnologia e inovação para posicionar o Paraná como um centro de excelência, estimulando a formação focada na inovação e no desenvolvimento de novas tecnologias.