Comunidade

Junho Verde 2024: Descarte de Lixo Eletrônico e Educação Ambiental em São José dos Pinhais

Junho Verde 2024: A Importância do Descarte Correto de Lixo Eletrônico

Durante a programação do “Junho Verde 2024”, a Câmara Municipal de São José dos Pinhais está recebendo lixo eletrônico para descarte adequado. Materiais inservíveis podem ser depositados na caçamba localizada na recepção da Câmara até o dia 28 de junho, das 8h ao meio-dia e das 13h às 17h, de segunda a sexta. Todo o material coletado será entregue à APAE local, que reverterá a venda desses equipamentos em ações para a instituição.

Impactos Ambientais do Descarte Incorreto

Conforme o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), os equipamentos eletrônicos contêm grandes quantidades de metais pesados que, se descartados de forma incorreta, contaminam o solo e causam prejuízos à vida animal e vegetal. Além disso, o descarte inadequado pode contaminar rios, lagos e bacias, afetando diretamente a saúde humana. Na edição passada do “Junho Verde”, muitos questionaram o motivo de não se poder jogar eletrônicos no lixo comum. Gradualmente, estamos transmitindo o conhecimento necessário para ajudar o meio ambiente,” explica Allax Silveira, presidente da Câmara Municipal.

Educação Ambiental e Eventos do Junho Verde

A campanha “Junho Verde” foi instituída pela Lei 14.393 de 4 de julho de 2022, no âmbito da Política Nacional de Educação Ambiental, e está sendo promovida pelo segundo ano consecutivo na Câmara Municipal. “É a segunda edição aqui na casa e fico feliz que esse tema sobre educação ambiental esteja presente cada vez mais no nosso dia a dia”, destaca Allax. Durante a programação, haverá uma palestra com o gestor socioambiental da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), Junio Ferreira Lima, com o tema “Água, Saneamento e Mudanças Climáticas”, abordando a tragédia do Rio Grande do Sul. O encontro acontece no dia 19 de junho, às 9h30, no plenário da Câmara.

Além disso, em parceria com a Sanepar, haverá uma exposição sobre a história do saneamento no corredor principal da Câmara Municipal, aberta ao público de 13 a 28 de junho. A mostra incluirá objetos como um pote de cerâmica indígena para carregar água, uma maquete de um reservatório e peças hidráulicas, detalhando o início do saneamento no Paraná e no mundo. No dia 26, um grupo de adolescentes do Centro de Amparo Nossa Senhora do Monte Claro visitará a Estação de Tratamento de Água (ETA) Miringuava, ampliando seu conhecimento nas ações de educação ambiental. A Câmara também será iluminada de verde nas noites de junho como um incentivo à causa ambiental.