Comunidade

Retomada da cobrança da travessia aquaviária da Baía de Guaratuba

Retomada da cobrança da travessia aquaviária da Baía de Guaratuba

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) anunciou que a partir das 0h do dia 03 de janeiro, será retomada a cobrança da travessia aquaviária da Baía de Guaratuba, conhecida como Ferry boat de Guaratuba. A tarifa base será de R$ 8,90 e poderá ser paga em dinheiro ou com cartão de débito nos guichês.

Essa mudança marca o fim da gratuidade da travessia, que havia sido implementada em agosto, quando entrou em vigor o novo contrato de operação do serviço. A gratuidade estará válida até as 23h59min59s do dia 02 de janeiro. Durante esse período, foram analisados os dispositivos legais que permitiriam a retomada da cobrança. Essa medida se faz necessária para cobrir parcialmente os custos da travessia, que atualmente é administrada pelo DER/PR.

O objetivo é manter a travessia em operação até a conclusão da nova Ponte de Guaratuba, cujos trabalhos estão em andamento com a implantação do canteiro industrial e canteiro administrativo da obra. Estudos técnicos e dados históricos indicam que o volume anual médio de tráfego da travessia da Baía de Guaratuba é de 1.359.990 veículos.

É importante ressaltar que os moradores de Guaratuba continuarão isentos do pagamento da travessia, desde que seus veículos estejam emplacados e pertençam a proprietários que residam na cidade. Essa isenção está estabelecida pela lei estadual n° 15.749/2007.

A retomada da cobrança da travessia aquaviária da Baía de Guaratuba visa garantir a sustentabilidade financeira do serviço e contribuir para a melhoria da infraestrutura rodoviária do Paraná.