Plataforma ensina profissionais a utilizar respiradores mecânicos

Plataforma ensina profissionais a utilizar respiradores mecânicos

Respir@ começou a operar hoje

Reuters / Kai Pfaffenbach / Direitos reservados

 

Um dos equipamentos médicos mais desejados pelas equipes de saúde que estão na linha de frente contra o novo coronavírus (covid-19) é o respirador mecânico. Graças a ele muitas vidas foram salvas, desde o início da pandemia. Em meio ao aumento de procura e oferta por esses respiradores, tem sido cada vez mais evidente a necessidade de habilitar um maior número de profissionais a lidar com esse equipamento.

Tendo por base essa constatação, a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) desenvolveu a plataforma Respir@, por meio da qual ensina, via online, como operar os principais modelos de respiradores mecânicos.

A plataforma Respir@ começou a operar hoje (6), no endereço https://brasilrespira.com.br/.

Segundo a ABDI, o Respir@ reúne “todo o material de educação à distância dos principais fabricantes de ventiladores pulmonares do Brasil”. Disponível em versão web e mobile, a plataforma é dirigida a médicos, enfermeiros e fisioterapeutas que vão operar os equipamentos.

Cursos rápidos e gratuitos

Desenvolvido por meio de uma parceria com o Instituto de Tecnologia (FIT), o Respir@ disponibiliza conteúdos voltados à operação de equipamentos das empresas Magnamed, Intermed, Vyaire e KTK, que detém praticamente 80% do mercado nacional.

A ABDI informa que os cursos são “rápidos e gratuitos”, por meio de vídeos, ebooks webinares, contando inclusive com a participação de especialistas indicados pelos fabricantes. “Trata-se de uma ferramenta para a capacitação desses profissionais de saúde de forma eficaz e ágil, sem a necessidade da realização de cursos presenciais, em virtude da urgência da pandemia”, explica o presidente da ABDI, Igor Calvet.

A iniciativa contou com o apoio da Confederação Nacional de Saúde (CNSaúde). De acordo com o presidente da entidade, Breno Monteiro, “a estratégia é muito importante em meio ao atual cenário, de necessidade de expansão muito rápida e muito superior às atividades anteriores à pandemia, por parte de profissionais que não tinham a experiência do dia a dia de UTIs”.

Operação, montagem, funcionamento e FAQs

“Houve necessidade de expansão muito grande do número de leitos, e consequentemente de alguns equipamentos. Entre eles os respiradores. Com isso foi preciso somar um grande número de profissionais da saúde para o combate à doença. No entanto, muitos deles não operavam ou operavam outros tipos de equipamentos”, explicou o presidente da CNSaúde.

Segundo Monteiro, a plataforma “vem para disponibilizar de forma fácil e à mão informações de operação, montagem, funcionamento, bem como para elucidar duvidas do profissional no momento do plantão”.

“Dessa forma, não será preciso consultar o manual que provavelmente está em algum escritório da equipe de manutenção do hospital”, complementa.

De acordo com a ABDI, o Respir@ possui um espaço para dúvidas e questionamentos sobre a operação dos equipamentos. Além disso, o profissional poderá tirar suas dúvidas online por meio de um sistema de Inteligência Artificial via WhatsApp, chatbot, que vai ajudar a encontrar as respostas 24h por dia.

Por meio de um robô, o FAQ também será retroalimentado e constantemente atualizado. Dessa forma, quanto mais interação houver, mais completo será o atendimento aos usuários.

Close Bitnami banner
Bitnami