Boxe brasileiro brilha na Finlândia com dois ouros e duas pratas

Boxe brasileiro brilha na Finlândia com dois ouros e duas pratas

Torneio reuniu melhores atletas da Europa e de outros continentes

Divulgação/CBB

 

O Brasil fez bonito neste domingo (24), último dia de competições do Torneio Tammer de Boxe, na Finlândia, um dos mais tradicionais do circuito europeu. Os pugilistas Keno Marley (categoria até 81kg) e Abner Teixeira (91kg) conquistaram o ouro, e Wanderson ‘Sugar’ Oliveira (63kg) e Rebeca Lima (60Kg) a prata.  A equipe brasileira segue a todo vapor rumo à classificação para a Olímpiada de Tóquio 2020, no Japão. As vagas serão definidas em torneios pré-olímpicos continentais em janeiro e abril do ano que vem.

Uma das  revelações do boxe nacional, o baiano Keno Marley, de 19 anos, atual vice-campeão do Pan-americano de Lima (Peru), somou duas vitórias por unanimidade na categoria até 81kg: estreou direto na semifinal no sábado (23), com triunfo sobre o francês Gaetan Ntambwe, o que lhe garantiu presença na grande final. Na decisão do ouro, o Keno Marley também levou a  melhor sobre Sammy Lee, do País de Gales.

O segundo ouro deste domingo (24) veio com Abner Teixeira (91kg) que superou na final o alemão Ammar Abduljabbar.  Para chegar à decisão, o peso pesado brasileiro superou na sexta-feira (22), nas quartas de final, o estoniano Ainar Karlson; e no sábado (23), Abner Teixeira despachou o ucraniano Marat Gryhorian.

Pratas

O carioca Wanderson ‘Sugar’ Oliveira começou bem no Torneio Tammer, no sábado (23): ele estreou direto na semifinal da categoria até 63kg, vencendo por nocaute no segundo round o britânico Mickey McDonagh. Mas na final, neste domingo (24), Sugar perdeu para o francê Sofiane Oumiha, ficando com a medalha de prata.

A outra medalha de prata ficou com a peso-leve carioca Rebeca Lima, de apenas 18 anos. A disputa feminina na categoria até 60kg ocorreu no formato quadrangular:as quatro pugilistas inscritas competiram entre si. A pugilista brasileira estrou com vitória na sexta (22) sobre a polonesa Aneta Rygielska, mas no sábado (23) perdeu para a finlandesa Mira Potkonen, que ontem (24) conquistou o ouro ao somar três vitórias. Neste domingo (24), Rebeca Lima faturou a prata após derrotar a italiana Francesca Amato.

Compartilhe: