Manifestação contra telescópio no Havaí é realizada em Tóquio

Manifestação contra telescópio no Havaí é realizada em Tóquio

Havaianos e simpatizantes fizeram uma manifestação em Tóquio para tentar cancelar um projeto internacional para a construção de um enorme telescópio sobre uma montanha do Havaí, considerada sagrada pelos nativos do arquipélago.

Cerca de 50 manifestantes se reuniram, ontem (1º), na frente da estação de metrô de Shibuya, em Tóquio.

Eles pediram que astrônomos do Japão, Estados Unidos e três outros países desistam de seu plano de criar o maior telescópio refletor do mundo no alto da montanha Mauna Kea, na Ilha do Havaí. O telescópio terá 30 metros de diâmetro se for concluído.

Os manifestantes portavam faixas e distribuíram panfletos exigindo o cancelamento do projeto.

Um havaiano que estava no ato de protesto disse que “eles não estão fazendo isso por não gostar de ciência, mas porque não querem mais ver a montanha ser profanada.”

Uma outra afirmou querer que muitas pessoas no Japão fiquem sabendo da questão, já que há cientistas japoneses participando do projeto.

Nativos do Havaí e simpatizantes vêm realizando manifestações contra o projeto na base daquela montanha, bloqueando uma estrada que vai até seu topo.

Compartilhe: