Por um fio da guerra: Navio da marinha russa evita colisão com cruzador americano no Mar da China

Por um fio da guerra: Navio da marinha russa evita colisão com cruzador americano no Mar da China

Uma foto de vigilância mostra o contratorpedeiro russo anti-submarino Almirante Vinogradov e o cruzador de mísseis teleguiados norte-americano Chancellorsville. (Reuters)

Uma foto de vigilância mostra o contratorpedeiro russo anti-submarino Almirante Vinogradov e o cruzador de mísseis teleguiados norte-americano Chancellorsville. (Reuters)

Moscou, 7 jun (Xinhua) – O contratorpedeiro anti-submarino russo Almirante Vinogradov conseguiu evitar uma colisão com o cruzador de mísseis teleguiados Chancellorsville no Mar da China Oriental nesta sexta-feira, com o último conduzindo uma perigosa manobra, disse o Ministério da Defesa da Rússia.

O incidente ocorreu na sexta-feira às 6h35, horário local, de acordo com um comunicado da Frota Rússa publicado pela agência de notícias oficial do ministério, Krasnaya Zvezda.

Ele disse que um destacamento de navios da frota do Pacífico e um grupo de transportadores da Marinha dos EUA se movem em rotas paralelas na parte sudeste do Mar da China Oriental, quando o cruzador dos EUA mudou de direção e cruzou o curso do navio russo a uma distância de apenas 50 metros.

Para evitar uma colisão, a tripulação russa foi forçada a realizar uma manobra de emergência, disse, acrescentando que a Frota do Pacífico enviou um protesto ao Comando Naval dos EUA sobre a inadmissibilidade de tais ações.

Compartilhe: