São José dos Pinhais: Prefeitura oferece dicas para prevenção contra DSTs no carnaval

Carnaval: Prefeitura oferece dicas para prevenção contra DSTs

Foto: Lucas Mendes/Prefeitura SJP

A época do Carnaval é caracterizada por ter diversas festividades, com isso, os números de doenças Sexualmente Transmissíveis, as DSTs, nesta época do ano, acaba aumentando. De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado do Paraná, do primeiro caso diagnosticado no Paraná, nos anos 80 até o ano de 2015 foram registrados 44.460 casos de Aids e HIV. Já em São José dos Pinhais, em 2016 foram apontados aproximadamente 86 casos no município, e um aumento de cerca de 100 casos de 2017 para 2018.

Cancro Mole, HIV/Aids, Gonorreia, Clamídia, Doença Inflamatória Pélvica e Sífilis, são algumas das muitas doenças que podem ser transmitidas sexualmente. Segundo a enfermeira responsável pelos casos de AIDS/HIV do Núcleo Municipal de Testagem e Aconselhamento em Saúde (NUTES), Elizete de Fátima Batista, o preservativo ainda continua sendo o melhor método de prevenção contra essas doenças. “A melhor maneira de prevenção do HIV é o uso da camisinha, porque além dela estar prevenindo o HIV e a AIDS, previne também as ISTs, que são as infecções sexualmente transmissíveis, ela também vai estar evitando outras DSTs, como a Sífilis, o HPV, e até uma gravidez não planejada”, explica.

PEP (Profilaxia Pós-Exposição)

O PEP é uma medida de prevenção que consiste no uso de medicamentos até 72 horas após a relação sexual, para reduzir o risco de transmissão do HIV (vírus da AIDS), quando ocorrer falha ou não uso da camisinha. “A pessoa teve uma situação de risco, dentro das 72 horas ela pode estar tomando a medicação, por 28 dias para estar prevenindo a doença”, enfatiza Elizete. O NUTES oferece o serviço em sua sede na Rua Voluntários da Pátria, 1393, no bairro São Pedro, e atende de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.

Compartilhe: