PM de Garuva realiza operação em Conjunto com Policia Militar e Policia Civil do Paraná e prende três homens pelo crime de duplo homicídio ocorrido em março

PM de Garuva realiza operação em Conjunto com Policia Militar e Policia Civil do Paraná e prende três homens pelo crime de duplo homicídio ocorrido em março.

PM de Garuva realiza operação em Conjunto com Policia Militar e Policia Civil do Paraná e prende três homens pelo crime de duplo homicídio ocorrido em março

Após incansável monitoramento, três homens são presos pelo crime de duplo homicídio, que ocorreu em março durante o carnaval, na divisa de estados.

Na data dos fatos os Policiais Militares de Guaratuba e Garuva realizaram um levantamento sobre os fatos e inclusive prenderam um homem por envolvimento no crime ele estava solto e respondia em liberdade.

As investigações ficaram por conta da Polícia Civil de Guaratuba, que realizou um trabalho exemplar de investigação, elucidando o crime, a autoridade policial daquele município representou pela prisão preventiva dos envolvidos.

De posse dos mandados de prisão policiais dos serviços de inteligência da PM de Garuva-SC e Guaratuba-PR, iniciaram a vigilância e a busca do paradeiro dos acusados, sendo todos monitorados por mais de uma semana e na tarde de hoje foi deflagradas a operação de inteligência com apoio das equipes ostensivas.

Os três presos não apresentaram resistência e foram detidos em casa, sendo conduzidos pra o presídio regional de Joinville.

O crime bárbaro chocou moradores dos dois estados, por motivo fútil pai e filho foram brutalmente assassinados e posteriormente jogados as margens da BR 376, rodovia que liga Paraná e Santa Catarina.

Esta foi mais uma excelente operação, que contou com apoio mútuo, de policiais Militares e Civis dos estados vizinhos de PR e SC, e teve êxito, demostrando que o trabalho em conjunto, desprendido de ego e orgulho gera bons frutos para a sociedade.

PM de Garuva realiza operação em Conjunto com Policia Militar e Policia Civil do Paraná e prende três homens pelo crime de duplo homicídio ocorrido em março

Compartilhe: