A imprensa é sempre culpada mesmo?

A imprensa é sempre culpada mesmo?

A imprensa é sempre culpada mesmo?

Uma recente matéria publicada sobre um suicídio que aconteceu em São José dos Pinhais, as reações negativas e dentre elas, que estávamos fomentando mais suicídios, me fizeram refletir e me lembrar de alguns fatos que exponho aqui.

Isso me lembra de uma vez onde certo um capitão do 17º batalhão, na Câmara de Vereadores, de “peito inchado”, disse que a imprensa era culpada por marginais roubarem em determinadas regiões, já que nestes locais a própria PM não atuava de forma nem preventiva e nem corretiva e a imprensa mostrava isso, ou seja, baixo investimento em infraestrutura, viaturas, armamentos e salários dignos não influenciam.

Isso me faz repensar que se a imprensa postar fotos e vídeos de marginais não capturados nas ruas com rostos expostos em ação, outros se sentirão fomentados a fazer as mesmas coisas e não procurados e denunciados, já que o crime compensa.

Isso me faz repensar que se a imprensa postar fotos com rostos de marginais desfocados presos pela PM ou GM, apenas a imprensa fomentará com que voltem a praticar delitos, já que não aparecem nem mesmo em pleno ato criminoso.

Isso me faz repensar que se a imprensa mostrar assaltantes, estupradores, assassinos e qualquer forma de escória sendo libertados em audiências de custódias ou de delegacias algumas horas após o crime, estará fomentando mais estupros, assassinatos e outros crimes e não o repensar das instituições jurídicas.

Isso me faz repensar que se a imprensa postar somente as prisões e ações bem sucedidas contra marginais, como algumas fazem rotineiramente, acabará com todos os índices de violência.

Isso me faz repensar que se a imprensa postar PMs, GMs e Agentes policiais agindo de forma integra e honestas, é parceira. Agora!!! se mostrar o lado perverso da maça podre, a mídia é inimiga da polícia e inverte todos os valores morais, que defende bandido.

Sim, deve-se haver outras formas de se ganhar “likes” com ética e moral, mas a que a grande maioria de instituições públicas procuram para falar bem de seus atos e mostrar a sensação de segurança e de que estão agindo, é a imprensa mesmo.

Não é a imprensa que fomenta a vida ou a morte de pessoas, é a corrupção,  a falta de políticas públicas que garantam a moradia, segurança, educação, saúde e social de um povo.

Para encerrar: Quando eu postei algumas matérias sobre a importância do Setembro Azul, este mesmo que pedia para observamos amigos e conhecidos propensos ao suicídio, não vi centenas de postagens ou likes de incentivo.

Porém quando posto sobre o ato em si, lá está milhares de acessos sobre o não ter se dado valor ao pedido de apoio aos sinais de depressão e desespero. E entre alguns deles sobre “A IMPRENSA É QUE FOMENTA ISSO” ou “IMPRENSA DE VERDADE NÃO FAZ ISSO”.

Sim, já passou da hora de se repensar Ética e Moral nas redes sociais.

Mas esclareço que em respeito à opinião dos amigos e principalmente as famílias que sofreram com estes atos ou que se sentiram ofendidos com a matéria, estou excluindo-a.

Compartilhe: