Lei transforma todos os assentos do transporte público do DF em preferenciais

Lei transforma todos os assentos do transporte público do DF em preferenciais

Lei transforma todos os assentos do transporte público do DF em preferenciais

Todos os assentos dos ônibus e do metrô de Brasília serão preferenciais para idosos, grávidas, mulheres com crianças de colo e pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. A medida está prevista em lei sancionada pelo governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, publicada hoje (1°) no Diário Oficial do DF.

De acordo com a publicação, todos os assentos dos veículos de transporte coletivo público e do transporte metroviário do Distrito Federal passam a ser preferenciais. Sendo assim, todos os passageiros que ficarem de fora dessas características terão que ceder o espaço para os que possuem preferência.

A lei entrará em vigor daqui a 60 dias e as empresas de transporte coletivo público e o Metrô DF terão que fixar avisos informando que todos os assentos passarão a ser preferenciais. Além do aviso, o Poder Executivo poderá realizar campanhas publicitárias para informar os passageiros sobre a mudança. A lei não prevê punições em caso de descumprimento. De acordo com o governo do DF, a medida é “essencialmente educativa e civilizatória”.

Compartilhe: