Trump terá dinheiro para Guerra, mas não para construir o muro de fronteira com o México

Congressistas republicanos e democratas americanos chegaram a um acordo ao final da noite do último domingo (30/04) que evitará o encerramento parcial da administração federal norte-americana, dando a Donald Trump parte do financiamento que o Presidente pedia para investir nas forças armadas, porém o Congresso decidiu não disponibilizar recursos para a principal promessa eleitoral de presidente: Construir um muro na fronteira com o México.

O acordo, o primeiro pacote de legislação importante de Trump, ainda tem de ser aprovado esta semana na Câmara dos Representantes, porém também já uma grande vitória, mesmo em detrimento de cortes em quase todos os setores restantes, como programas de exploração espacial, planos de saúde pública e educação.

A Câmara de representantes deixou claro, que haverá recursos para mais investimentos em armamento e estratégia de guerra, principalmente se for para combater o Estado Islâmico, mas não para o muro na fronteira.

Para Trump, a única maneira de fazer o muro, é de que o próprio México o financie, mas para Enrique Peña Nieto, presidente mexicano, o único muro que construirá será ao redor da Casa Branca para proteger o povo americano do presidente louco que elegeram.

Compartilhe: