Facebook ao vivo, também é usado para o crime

A busca incessante para obter cliques e mais cliques e páginas e perfis em redes sociais já alcançou o limiar da ignorância e do crime. Enquanto estava apenas em ver alguns amigos utilizando o recurso do “Facebook ao Vivo” para mostrar os seus “dons” ou peripécias ainda é suportável. Mas agora um adolescente de 14 anos e amigo suspeito usaram o Facebook ao vivo, para estuprar uma menina de 15 anos em Chicago nos Estados Unidos. Segundo o porta-voz da polícia, Anthony Guglielmi, disse em um comunicado divulgado neste sábado (1) que o menor já foi preso sob acusação de agressão sexual por crimes agravados, fabricação de pornografia infantil e disseminação de pornografia infantil. Ele disse também que mais detenções são esperadas, que o segundo participante seja preso em breve e que estão procurando outros criminosos participantes.

O suposto incidente ocorreu em meados de março. Guglielmi disse que a polícia não estava ciente do ataque até que a mãe da moça se aproximou de um policial local e mostrou-lhe o vídeo.

O que mais assusta, é dezenas de pessoas que estavam assistindo o vídeo ao vivo, não fizeram nada para impedir ou denunciar os estupradores.

Compartilhe: